Qual a importância do autoexame da mama e como fazer?

Cuidar da sua saúde é o melhor ato de carinho que você pode fazer por si e por sua família. Sendo assim, é importante relembrar que quanto mais cedo for feito o diagnóstico de uma doença, mais eficaz será o seu tratamento. Então, saiba qual a importância do autoexame da mama e como fazer esse teste em casa.

Enfermidades como o câncer de mama têm chances de recuperação de 90% quando detectado em seus estágios iniciais. Essa é uma das maiores tarefas do autoexame da mama. Entenda mais sobre essa avaliação e veja como isso pode contribuir para o seu bem-estar.

Qual a incidência de problemas de mama no Brasil?

 

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), 25% dos quadros de câncer em mulheres ocorrem na mama. Para as brasileiras, a taxa é de 28% de novo casos de câncer de mama ao ano, sendo o segundo tipo mais comum da doença. Esse problema fica atrás apenas do câncer de pele não melanoma.

 

Observando esses dados, é possível entender a necessidade de prevenir e detectar o caso o quando antes. Então, nesse cenário surge a função do autoexame de mama. Esse teste é a forma mais fácil e rápida para identificar se há alguma característica diferente em seu corpo.

Por que fazer o autoexame da mama?

 

Ao fazer a palpação dos seios, a mulher consegue notar se há nódulos, caroços ou lesões iniciais na região. Ainda que o exame não seja suficiente para determinar se há presença de câncer ou não, ele é uma grande ajuda para o diagnóstico precoce.

 

Além disso, é fundamental notar se há vermelhidão, irritação na pele, dores nos mamilos ou secreção. Ao perceber algo estranho, não hesite em procurar um especialista para receber as orientações corretas e o melhor tratamento. Se o médico identificar algo suspeito, ele pode solicitar uma mamografia para avaliar com mais precisão.

Quando ficar atenta aos problemas de mama?

Os problemas na mama são muito mais comuns para a parcela feminina do que no público masculino. Um grupo de risco é o das mulheres acima de 40 anos e com histórico familiar de doenças mamárias, como o câncer.

Por isso, ao chegar nessa idade, o recomendado é fazer o exame de mamografia a cada 2 anos. Dessa forma, é possível prevenir o desenvolvimento de complicações mais sérias para a mulher.Ao cuidar de si mesma, você poderá ter mais qualidade de vida e evitar o avanço de pequenos problemas.

Quando fazer o autoexame da mama?

 

Para as jovens até 20 anos, o autoexame da mama deve ser realizado mensalmente. O período indicado é em torno de 8 dias após o começo de sua menstruação. Uma taxa de 90% dos nódulos e tumores são identificados nessa fase.  

Para as mulheres de 21 a 40 anos, é importante também acompanhar a saúde mamária com exames de imagem a cada 3 anos. Já as mulheres acima de 41 anos precisam realizar, além do autoexame da mama, também a mamografia anualmente.

Como fazer o autoexame da mama?

Com alguns passos simples é possível realizar esse teste, confira:

  • Fique em frente ao espelho;
  • Deixe os braços caídos e observe os seios;
  • Ponha as mãos na cintura e faça força;
  • Coloque as mãos atrás da cabeça e note se há algo diferente em seus seios;
  • Levante o braço direito e apoie-o sobre a cabeça;
  • Com a mão esquerda esticada, apalpe a mama direita;
  • Faça o mesmo com o outro lado;
  • Por fim, aperte os mamilos e note se tem alguma secreção.

 

Ao saber a importância do autoexame de mama e como fazer esse teste em casa, muitas doenças podem ser detectadas em fase inicial.

Leave A Comment?